Bicicleta é coisa séria

Bicicleta é coisa séria

O Movimento "Respeito Sobre Rodas" une forças pela segurança, respeito e valorização do Ciclista, além de buscar a reformulação da legislação de trânsito, tornando em doloso o crime de trânsito envolvendo ciclistas
17/1/2024

O desrespeito aos ciclistas no Brasil é um cenário desafiador com muitas Implicações.

O Brasil enfrenta um cenário preocupante de desrespeito aos ciclistas, refletido em estatísticas alarmantes de acidentes e mortes nas vias públicas. O aumento contínuo no número de acidentes fatais, a falta de infraestrutura adequada e a inadequada postura da maioria dos governantes em lidar com essa realidade são elementos que impactam diretamente o desenvolvimento da sociedade e, por conseguinte, a segurança e qualidade de vida dos ciclistas.

No final de dezembro, fomos profundamente impactados por um trágico acidente envolvendo a triatleta em pleno ciclo olímpico Luiza Baptista, que permanece na UTI até hoje. Esse incidente não apenas ilustra a fragilidade enfrentada pelos ciclistas, sejam eles atletas profissionais ou amadores, mas também ressalta a urgência de um comprometimento coletivo para garantir a segurança nas vias. Luiza Baptista, representando a elite do esporte, tornou-se vítima de um risco que constantemente assola nossa sociedade. Este triste episódio serve como um lembrete impactante de que a implementação efetiva das leis de trânsito e um ambiente respeitoso nas estradas são cruciais para evitar tragédias evitáveis. É imperativo que, como comunidade, unamos nossos esforços no movimento "Respeito Sobre Rodas" para assegurar um futuro onde todos possam pedalar sem temer pela própria segurança. O risco de acidentes não deve ser a realidade diária dos ciclistas, sejam eles amadores, profissionais ou atletas olímpicos. 

O desrespeito ao ciclista está profundamente enraizado na falta de conscientização sobre os direitos e necessidades dos ciclistas. A migração crescente para o ciclismo como meio de transporte, lazer ou competição, aliada à falta de campanhas educativas específicas e cumprimento de leis de trânsito, resulta em um ambiente propício para acidentes.

Os governantes, em muitos casos, negligenciam a implementação efetiva das leis de trânsito voltadas aos ciclistas. Essa postura reflete a priorização de políticas públicas centradas no automóvel em detrimento de alternativas sustentáveis. A falta de respeito ao ciclista não apenas compromete a segurança nas vias, mas também perpetua a cultura de desigualdade e desvalorização do transporte não motorizado.


Logotipo do Movimento "Respeito Sobre Rodas" Instagram do Movimento https://www.instagram.com/respeitosobrerodas/ 


Por que criamos este Movimento?

“A criação do movimento "Respeito Sobre Rodas" nasce da clara percepção de que a bicicleta muitas vezes é relegada a um papel secundário, vista apenas como um meio de lazer e, consequentemente, carecendo da prioridade e respeito que merece na sociedade. Reconhecemos a bicicleta não apenas como um meio de deslocamento, mas como uma ferramenta versátil que abrange lazer, questões profissionais, saúde e esporte. Essa consciência é acentuada pelo constante testemunho de amigos enfrentando amputações e sequelas decorrentes de acidentes de trânsito, muitos dos quais resultam da imprudência generalizada. Não basta ter leis; é imperativo que essas leis sejam aplicadas de maneira rigorosa. O grande desafio reside na falta de seriedade atribuída à bicicleta como um meio de transporte legítimo. O movimento "Respeito Sobre Rodas" busca uma mudança cultural que reconheça e respeite verdadeiramente a bicicleta em todas as suas dimensões. Acreditamos que um ponto crucial para elevar a bicicleta a um patamar de seriedade é a reformulação da legislação, tornando os acidentes com ciclistas passíveis de serem classificados como crimes dolosos. Atualmente, observamos que os responsáveis por acidentes raramente enfrentam as devidas consequências legais, permanecendo impunes e soltos. Essa impunidade reflete uma falta alarmante de seriedade com o tema, e buscamos, por meio dessa proposta, transformar essa realidade, garantindo justiça e segurança para a comunidade ciclística.” – Comenta Cleber Castro, idealizador do Movimento, que agradece a Leandro Lentine, vice-presidente CSC-RJ Comissão de Segurança no Ciclismo do RJ, pela contribuição na definição do objetivo do Movimento.


Justificativas para o Respeito às Leis de Trânsito Voltadas aos Ciclistas:

Segurança Pública: O respeito às leis de trânsito contribui para a segurança pública, reduzindo acidentes e lesões, o que, por sua vez, alivia a carga sobre os serviços de saúde.

Promoção da Saúde: Estimular o ciclismo como meio de transporte, lazer e competição promove a saúde física e mental, reduzindo os custos associados a doenças relacionadas ao sedentarismo.

Desenvolvimento Sustentável: Investir em ciclovias, áreas para o ciclistas de lazer  e de competição, promovendo o uso da bicicleta alinha-se aos princípios de desenvolvimento sustentável, reduzindo a dependência de combustíveis fósseis e mitigando os impactos ambientais.

Eficiência no Trânsito: Ciclistas contribuem para a eficiência do tráfego, especialmente em áreas urbanas congestionadas, proporcionando uma solução para os desafios de mobilidade.

Cuidado com a Natureza: O aumento de ciclistas está relacionado ao cuidado com a natureza, reduzindo assim a utilização de veículos movidos a combustíveis fósseis e contribuindo para a preservação do meio ambiente.

Melhora da Saúde e Bem-Estar: O crescente aumento no número de ciclistas está diretamente ligado à melhora da saúde da sociedade. O ciclismo, seja por lazer ou competição, promove um estilo de vida ativo, reduzindo doenças relacionadas à inatividade.

Respeito aos Ciclistas Profissionais: Muitos ciclistas, especialmente os de competição, são profissionais que utilizam a bicicleta como meio de trabalho. Eles merecem respeito e consideração, não apenas como atletas, mas também como parte integrante da mobilidade e economia.


Importância das Áreas de Proteção ao Ciclista de Competição (APCC):

A sigla APCC significa Área de Proteção ao Ciclista de Competição. A criação destas áreas nas principais cidades do Brasil tem desempenhado um papel crucial na promoção do ciclismo como esporte. Essas áreas não apenas permitiram que mais pessoas ingressassem no esporte, cuidando assim de sua saúde, mas também proporcionaram uma estrutura de treinamento mais adequada para atletas.

Ciclistas que pedalam acima de 25 km/h têm o direito de utilizar a mesma via dos veículos. No entanto, poucos têm conhecimento desse direito, e mesmo quando sabem, muitas vezes não recebem o devido respeito, incluindo a falta de implementação efetiva das leis já existentes.
 
O Movimento "Respeito Sobre Rodas" busca unir forças pela segurança, respeito e valorização do Ciclista

O movimento "Respeito Sobre Rodas" tem como objetivo principal promover uma convivência segura e respeitosa entre ciclistas e demais usuários das vias, além de inspirar uma mudança cultural que valorize a bicicleta como um meio legítimo de transporte, lazer e competição. Para alcançar esse objetivo, os membros do Movimento buscarão de forma ativa o apoio e participação dos governos municipais, estaduais e federais, até conseguirem a realização de em uma campanha nacional. O Movimento almeja catalisar esforços em âmbito nacional para implementar ações eficazes e promover a conscientização sobre a importância do respeito ao ciclista em todas as esferas. Com o esforço, apoio e união dos membros, se pretende criar um movimento que transcenda as fronteiras locais e inspire a construção de um ambiente de tráfego mais seguro, saudável e respeitoso em todo o Brasil.

Como Participar:

Engaje-se nas Redes Sociais:

Divulgue e compartilhe os conteúdos sobre o Movimento, ampliando a visibilidade nas redes sociais para que possa alcançar os diferentes públicos, como por exemplo gestores, influenciadores e potenciais catalisadores do Movimento. 
 

Eduque e Conscientize:

Promova a conscientização em sua comunidade sobre as leis de trânsito relacionadas aos ciclistas e os benefícios do ciclismo. Organize palestras ou distribua materiais informativos.

Incentive Empresas e Instituições:

Busque parcerias com empresas e instituições locais para promover o ciclismo e garantir estruturas seguras para os ciclistas. Incentive a implementação de áreas de estacionamento para bicicletas e vestiários em locais de trabalho.


Ao participar do movimento "Respeito Sobre Rodas", você se torna um agente de mudança em prol de uma convivência mais segura, saudável e sustentável nas vias públicas. Junte-se a nós para transformar a realidade do ciclismo no Brasil e promover um respeito genuíno sobre duas rodas!

Honrando os Apoiadores do Movimento "Respeito Sobre Rodas"

Em nosso caminho para construir uma comunidade mais segura e respeitosa nas vias, temos a imensa satisfação de reconhecer e celebrar aqueles que se unem ao movimento "Respeito Sobre Rodas". A adesão dessas pessoas, entidades e empresas é fundamental para o sucesso desta iniciativa, e cada novo membro é uma peça valiosa nesse quebra-cabeça de mudança.

Aos Indivíduos Apaixonados por Duas Rodas:

Agradecemos aos ciclistas dedicados e entusiastas que escolhem pedalar como meio de transporte, lazer ou competição. Vocês são os verdadeiros impulsionadores dessa transformação, demonstrando que a bicicleta não é apenas um veículo, mas uma poderosa ferramenta para a saúde, mobilidade e bem-estar.

Às Entidades que Abraçam a Causa:

Aos grupos, organizações e clubes que abraçam a causa do "Respeito Sobre Rodas", expressamos nossa gratidão. Sua união fortalece nossa voz coletiva, mostrando que a comunidade ciclística é diversa, unida e comprometida em promover uma convivência pacífica no trânsito.

Às Empresas Comprometidas com a Mudança:

Agradecemos às empresas que reconhecem a importância de apoiar o movimento "Respeito Sobre Rodas". Ao implementar práticas e políticas que promovem o ciclismo, vocês estão não apenas contribuindo para um ambiente de trabalho mais saudável, mas também liderando pelo exemplo na construção de comunidades mais sustentáveis.


Cada novo membro, seja um ciclista individual, uma entidade apaixonada ou uma empresa visionária, desempenha um papel vital nessa jornada. Juntos, estamos construindo um movimento que transcende as fronteiras das cidades e inspira a transformação em todo o país.

A todos que escolheram pedalar conosco neste desafio, oferecemos nosso mais sincero agradecimento. Vamos continuar pedalando, defendendo o respeito e construindo juntos um futuro onde "Respeito Sobre Rodas" seja a norma, não a exceção.

Convite para se Juntar ao Movimento "Respeito Sobre Rodas"

Você, sua empresa ou entidade têm o poder de fazer a diferença nas ruas do Brasil! Convidamos você a se juntar ao movimento "Respeito Sobre Rodas" e ser parte ativa da mudança que queremos ver nas vias públicas.
Juntos, podemos pedalar em direção a um futuro onde cada via e ciclovia sejam respeitadas, cada ciclista seja valorizado e cada viagem seja uma experiência segura e agradável. Vamos construir esse movimento de mudança sobre duas rodas!
Aceite o convite, pedale conosco e faça parte do "Respeito Sobre Rodas". A mudança começa com você! 

Siga o instagram do Movimento "Respeito Sobre Rodas"  https://www.instagram.com/respeitosobrerodas/


Siga-nos no instagram @EsporteMundo

Outros destaques
Blog Image

MAI

26

Blog Image

MAI

12

Blog Image

MAR

17

Blog Image

JAN

26

Blog Image

JAN

25

Blog Image

JAN

22

Blog Image

JAN

18

Blog Image

JAN

16

Blog Image

JAN

15

Blog Image

JAN

11

Blog Image

JAN

09

Blog Image

JAN

08

Agende-se

CARANGUEJOMAN (SE)

CARANGUEJOMAN (SE)

Caranguejoman - Etapa Copa Nordeste
ARACAJU (SE) | 11/08/2024
Inscreva-se


TRIATHLON ILHÉUS (BA)

TRIATHLON ILHÉUS (BA)

Standard - Sprint - Aquabike (Seletiva Mundial)
ILHÉUS (BA) | 24/08/2024
Inscreva-se


AQUATHLON PETROLINA (PE)

AQUATHLON PETROLINA (PE)

Brasil Super Series - Aquathlon - Seletiva Mundial
PETROLINA (PE) | 31/08/2024
Inscreva-se

DUATHLON PETROLINA (PE)

DUATHLON PETROLINA (PE)

Brasil Super Series Multisports - Duathlon - Seletiva Mundial
PETROLINA (PE) | 01/09/2024
Inscreva-se

DUATHLON LEM (BA)

DUATHLON LEM (BA)

Brasil Super Series Multisports - Duathlon - Seletiva Mundial
LUÍS EDUARDO MAGALHÃES (BA) | 08/09/2024
Inscreva-se

COPA NORDESTE (AL)

COPA NORDESTE (AL)

Etapa Copa Nordeste
MACEIÓ (AL) | 22/09/2024
Inscreva-se

AQUATHLON ITAPARICA (BA)

AQUATHLON ITAPARICA (BA)

Brasil Super Series Multisports - Aquathlon - Seletiva Mundial
Itaparica (BA) | 12/10/2024
Inscreva-se

TRIATHLON INEMA (BA)

TRIATHLON INEMA (BA)

Sprint - Super Sprint
SALVADOR - INEMA (BA) | 09/11/2024
Inscreva-se

Copa Nordeste de Triathlon
Veja também

Copa Nordeste de Triathlon - Etapa Olinda


Explorando as Provas Multisports


Vibrante e emocionante, a Copa Nordeste de Triathlon em Salvador!


Leleca, uma nadadora, um oceano, caravelas e 60 Km de coragem


Quais são diferenças comportamentais e concentração entre atletas de elite e amadores?


Caranguejo Man, uma celebração do Triathlon no Nordeste


Sim, nós temos um Ultra-Herói sem capa


Bicicleta é coisa séria


Do Interior da Bahia ao coração do Triathlon

Se você não está disposto a arriscar, então você terá apenas que se contentar

Jim Rohn

Junte-se a nós!

Atletas

45.000

Assessorias

4.800

Facebook

9.585

Instagram

18.547

O Esporte é a nossa essência. E isso exige uma mistura de habilidades entre atletas, assessorias, entidades e empresas do segmento. Gostaríamos que você fizesse parte deste grandioso projeto. Participe e divulgue esta iniciativa!